Joffrey Baratheon Morreu. Yay!

Eis a inspiração que me faltava para escrever: Joffrey morreu.  Não sei vocês, mas eu odiava esse personagem desde as primeiras cenas que li, por isso não podia deixar de comentar esse episódio tão aguardado da série Game of Thrones e listar um top 5 de por que detestar o rei mimado.
Joffrey21-1024x524

Continuar lendo

Anúncios

“In a hole in the ground there lived a hobbit”

“Num buraco no chão vivia um Hobbit”. Eis a primeira frase do livro “O Hobbit”,  de J. R. R. Tolkien escrito no ano de 1937 que conta a primeira grande aventura de Bilbo Bolseiro do Condado ao lado de Gandalf – o cinzento, Thorin  Escudo de Carvalho e seu grupo de anões para recuperar os tesouros perdidos da Montanha Solitária, agora sob domínio do dragão Smaug.
A importância de “O Hobitt” não se estende apenas ao que diz respeito ao universo ricamente criado por Tolkien em sua Terra Média, os acontecimentos da aventura de Bilbo e seus companheiros na viagem inusitada pautam e definem muito do que é a Trilogia do Anel, também adaptada com imenso sucesso por Peter Jackson anos atrás. Não à toa as expectativas para a nova adaptação pelas mãos de Jackson são enormes e, se não são, vão ser em breve, já que muitas imagens e matérias começaram a pular ao redor do mundo com a aproximação da estreia da primeira parte cinematográfica de “O Hobbit”.

Continuar lendo

Orgulho, Preconceito e Zumbis

Orgulho e Preconceito e Zumbis conta a história de Elizabeth Bennet, jovem e inteligente filha de um pequeno proprietário rural na Inglaterra do começo do século XIX, enquanto ela se vê envolvida com as tramas e intrigas matrimoniais próprias do seu meio social. Tudo seria mais fácil, é claro, se ela também não tivesse que lidar com uma misteriosa praga que se abateu sobre o país, fazendo com que os corpos dos mortos se levantem dos túmulos e rastejem pelos campos atrás de cérebros frescos.

zumbis Resenha   Orgulho e Preconceito e Zumbis Continuar lendo

O Guia do Mochileiro das Galáxias

Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.

Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.


Continuar lendo