DAS FASES DA LUA

Poema de minha autoria:


Das Fases da Lua

Os Sumitas viram a mulher do sol.

No Egito, ela se aperfeiçoou:

Esposa e mãe ideal,

na deusa Ísis se transformou.

Na Grécia se apaixonou e foi substituída

Selene virou Diana, a virgem caçadora

Passeando distraída,

Na carruagem encantadora.

Entre os Celtas, ela manipula as ervas e a morte…

A Ixchel dos Maias, tempestades de toda sorte.

Mas a Xochiquetzal Asteca é protetora dos amantes

Como Jaci vela por Guaraci ainda que distantes.

No plano astral, inspira sensibilidade.

Quando Cheia, abundância e instabilidade.

Se for Nova, desperta a inocência.

Se Minguante, a negligência.

Agora, se meu conceito não erra,

A lua é o satélite natural da Terra…

um emblema apaixonante?

Ou seria um queijo gigante?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s